terça-feira, 10 de agosto de 2010

Em cântaros, bebemos todos.

Olá, amigos queridos.

Nos últimos dias 7 e 8 de agosto, sábado e domingo passados, tivemos duas apresentações da dupla Tim e Vanessa em Belo Horizonte. Além da sempre tão prazerosa oportunidade de estarmos reunidos para cantar essas músicas que fazem parte das nossas vidas, celebramos também os 10 anos de trabalho da dupla.

Aliás, já os convido a conferir o post que o Tim fez no blog "Artefazendo o Belo Bom" sobre isso. Clique aqui para ler.

Foram ocasiões muito especiais e eu tenho certeza de que todos concordam que os momentos mais emocionantes são aqueles em que os presentes cantam juntos, quando sentimos irradiar uma energia muito forte e serena, algo que nos alimenta intimamente.

Houve também a inovação da transmissão do evento pela Internet, o que parece ter sido muito bom para quem está longe, apesar das limitações técnicas enfrentadas, naturais numa primeira experiência. Quem acompanhou pela Web poderia contar aqui pra gente o que achou.

Mas o post de hoje serve tanto para agradecer aos que estiveram conosco e aos que nos acompanharam à distância, contribuindo de alguma forma para o evento - seja com o trabalho, com a presença, com o carinho, com as vibrações, enfim - quanto serve também para refletir uma vez mais sobre a importância dessas atividades pra gente mesmo, pelo que tomarei por foco a participação do Coral da Mocidade da Sociedade Espírita Maria Nunes - SEMAN, que fez uma deliciosa abertura para as apresentações.

Nesse ponto, cabe sugerir que o amigo leitor confira algumas fotos da apresentação de domingo, a seguir:

Tim e Vanessa - apresentação dia 08/08/2010 em BH

Cântaro é um vaso para água e a alusão feita no título do post a essa vasilha, usada para ajudar a matar a sede, é muito propícia ao nosso caso, já que temos todos sede da água da vida, e já que o canto, com o perdão pelo trocadilho, se afigura para nós como uma das mais importantes ferramentas disponíveis para saciar - ou ao menos amenizar - essa sede.

Uma das músicas até então inéditas que Tim e Vanessa apresentaram nesse fim de semana se chama justamente Cântaro, e ela narra de maneira muito poética e sensível o encontro de Jesus com a mulher que está junto ao poço em busca de água. Jesus oferece a ela a água da vida.

Fiquei sabendo também que já temos chegando aí um novo trabalho musical que vai levar esse mesmo nome, algo pensado antes mesmo de essa música ter sido divulgada. É muito legal essa expansão de trabalhos no campo da arte.

Mas vejamos o que significou a comunhão conosco, no último fim de semana, do Coral da Mocidade da SEMAN. Misturamos energias complementares e pudemos registrar maneiras diferentes de vivenciar a música que eleva a nossa vibração, com tanto carinho.

O que esses dois trabalhos têm em comum, como também têm em comum com outros trabalhos semelhantes? Penso que é essa energia sincera, essa percepção de que toda essa movimentação serve, antes de mais nada, como repositório da água que procuramos pra matar a nossa prípria sede e, depois, serve de oportunidade para entrarmos em comunhão com aqueles que estão na mesma busca, o que dá mais sentido a tudo.

Ver tantos jovens reunidos e dedicados a cantarem músicas que falam de amor, e vê-los depois sentarem-se à frente do palco para se entregarem à apresentação de Tim e Vanessa foi um grande prêmio. A satisfação é enorme, pois estar junto dessa turma que vibra em sintonia conosco é algo cujos benefícios não se pode mensurar, e nem sei se eles puderam perceber o quanto foi gostoso pra gente tê-los por lá.

Muito gentis, eles se mostraram bastante gratos pela oportunidade de estarem ali com Tim e Vanessa, mas nós também agradecemos pela presença carinhosa e comprometida deles, que abrilhantou as noites, "esquentando" o público.

A conclusão, portanto, é inevitável: temos mesmo é que agradecer todos ao Pai, por permitir tenhamos em mãos essa pequena bússola materializada em música, em meio a "um mundo que tanto padece".

Caminhamos juntos ali, e reforçando o entendimento de que descobrimos que somos felizes quando percebemos que temos uns aos outros, convido-os, enfim, a assistirem um vídeo da música "Caminhando juntos", outra canção até então inédita, apresentada por Tim e Vanessa no último fim de semana. O vídeo foi feito num dos ensaios que fizemos para as apresentações e tem o Tim, a Vanessa, eu no violão, o Rafael no contrabaixo e o André na percussão:



Que os nossos trabalhos se expandam naquilo que possuírem de útil, e que saibamos recuar dos holofotes, direcionando-os para o Evangelho, pois disse Jesus:

"Assim, resplandeça vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus". (Mt, 5:16).

**OBSERVAÇÃO: pra quem eventualmente não saiba, Tim e Vanessa formam uma dupla que divulga músicas espíritas e cujo trabalho pode ser conhecido em www.timevanessa.com.br. Sempre que possível, eu os acompanho em suas apresentações, auxiliando com mais um violão, bem como os outros amigos que aparecem no vídeo.

8 comentários:

Geison disse...

Oi, Dênis! Eu e minha família amamos a apresentação! Foi maravilhosa! Gostaria muito de poder ouvir novamente a música caminhando juntos, mas não consegui acessar o link... Tem como vc nos dá uma forcinha? Um forte e carinhoso abraço! Que o Mestre Jesus continue a iluminar vocês!
Geison

Mauro disse...

Parabéns!
E não é só o Movimento Espírita que ganha...
Ganhamos todos, seres sedentos de aprendizado, arte e consolo!

Brasília saúda Tim, Vanessa, Denis e toda a galera (plêade) de Minas.

E vamo que vamo!

Denis Soares disse...

Mauro e Geison, obrigado, amigos.

E podem conferir que o link de Caminhando Juntos agora ja ta certinho, realmente não estava funcionando.

Abraços, amigos!!!

Carol (SP) disse...

Fico muito feliz em sentir toda essa energia boa, de poder acompanhar, mesmo a distância, todo esse banquete espiritual que vem acontecendo e prosperando a partir da música espírita, da arte espírita.

Um grande e carinhoso abraço!
Carol

Zé Cabelo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zé Cabelo disse...

Oi Denis,
Hoje eu estou com a corda toda! :-)
É que recebi o DVD do Tim e da Vanessa, deixei um comentário para o belo post de 10 anos do Tim e contei para ele uma história engraçada. Certa noite, em sonho, me vi numa casa, coisa familiar e ele estava tocando e fiquei muito feliz de conhecê-lo, sabe?
Estou te contando isto porque também acabei de lembrar que na última noite, sonhei que estava em um encontro com vários jovens e você estava lá tocando bastante e o ambiente estava bem animado. Também fiquei bem contente de te ver e ver toda aquela movimentação sadia.
Realmente, este post retrata muito bem quantas bençãos emergem destes momentos de comunhão musical.
Só dá mais ânimo para seguir em frente e deixar fluir mais o que de bom nos circunda, né?
E vamos em frente!
Bração!

Denis Soares disse...

Poxa, Ze´zão, valeu por dividir a experiência, meu amigo... É isso mesmo. A gente tem a possibilidade de se beneficiar disso tudo, e ach oque o melhor da cosia é tornar o ambiente mais tranquilo, mas aconchegante pra gente fazer o que tem que fazer...

Então... rumo à noite ultural, né? Hehehehe...

Valeu, brother! Bração e bom fds por aí!!!

Iaçanã disse...

O show foi muito lindo de uma energia renovadora!